Áreas de Trade Location: como ganhar dinheiro na bolsa com elas

Chega de adivinhação: conheça as áreas de trade location e seja um trader preditivo negociando em zonas seguras do gráfico

Áreas de trade location são regiões do gráfico de um ativo (ação, minicontrato, moeda, etc) que, por apresentarem indícios de atividade e interesse de investidores institucionais trazem a possibilidade de negociações de alta probabilidade de lucro para o trader.

As áreas de trade location são definidas no Raio X Preditivo através de ferramentas (indicadores Sato’s) e conceitos que enfatizam a detecção do interesse profissional naquela região. Esse interesse profissional é denunciado sobretudo pelo volume.

Neste artigo, vamos aprender mais sobre as áreas de trade location.

As áreas de trade location são um conceito fundamental para os praticantes do Raio X Preditivo, pois saber encontrá-las determina o percentual de sucesso de suas operações e sua consistência financeira no longo prazo.


O QUE SÃO ÁREAS DE TRADE LOCATION?

Uma forma de entender facilmente o que são as áreas de trade location é compreendê-las como regiões do preço no gráfico de um ativo em que há grande interesse profissional.

Imagine por exemplo, se fosse possível saber que um grande player, digamos uma Pimco ou uma UBS, fizeram muitas compras de uma ação, já há algum tempo, a R$ 10. Não míseras mil ações, mas digamos 50 milhões de ações de uma certa companhia. E essa ação vem caindo de R$ 12, R$ 11... quando chegar a R$ 10, sabemos que esse preço interessa a esses megainvestidores... talvez eles deixem cair para comprar ainda mais a preços mais baratos. Talvez defendam os R$ 10 com mais compras que aumentaram a demanda e impediram a queda... não interessa. O importante é saber que, a partir desses R$ 10, onde há muitos players institucionais comprados coisas importantes começam a acontecer.

Mas os megainvestidores não colocam no jornal onde estão comprados. Essas informações, são sigilosas. Seus preços médios são segredo de estado (muitos deles têm faturamentos superiores a PIBs de alguns países). Como encontrar essas regiões tão importantes em que temos mais chance de iniciar operações de qualidade? E, dependendo da ocasião, até mesmo encontrar bons pontos de entrada para investimentos de longo prazo também!

Isso é possível através de:

• Ferramentas do Raio X Preditivo: os indicadores Sato’s, como o Sato’s Force Histograma, o Sato’s Defense, o Sato’s Result, o Sato’s Market Profile (que inclui a POC, a WAP e outros recursos como as zonas de rejeição), Sato’s Bar

• Conceitos do Raio X Preditivo: Padrão Psicológico Institucional em V (PPIV), range, acumulação, distribuição, absorção, fluxo, esforço versus resultado e outros

Se pudéssemos falar sobre um objetivo único do Raio X Preditivo, seria esse: encontrar áreas de trade location.

Nelas, as chances de ganhar são maiores. Não só isso. Ao abrir uma posição comprada ou vendida numa área de trade location, se você perder, perde pouco. E, se ganhar, ganha muito.


COMO SABER A MELHOR ÁREA DE TRADE LOCATION PARA ABRIR POSIÇÃO?

Toda área de trade location é boa para fazer trades, por definição. Mas antes é preciso que você saiba algumas coisas sobre as áreas de trade location.

Tenha em mente que elas são possíveis de serem encontradas em qualquer tempo operacional: nos gráficos de um minuto ou até mesmo nos gráficos semanais ou mesmo mensais.

Os grandes players, aqueles que são responsáveis por mais de 80% do volume de negócios dos mercados mundiais, estão se posicionando e se reposicionando a cada segundo no mercado, aproveitando para se aproveitar das mínimas distorções de preço, das mais sutis fraquezas de seus adversários de mercado. E, claro, que no cômputo final, esses posicionamentos e reposicionamentos a cada fração de segundo também têm sua escala macro, que vai do mensal ao anual.

Não é possível entender completamente o conceito de áreas de trade location sem entender inicialmente coisas como as fases dos ciclos de mercado e o comportamento psicológico dos big players, mas vamos lá.

As melhores áreas de trade location são aquelas que apresentam simultaneamente mais indícios de importância para esses participantes fortes.

Por exemplo:

• Uma região de preço no mesmo nível de um range (lateralização) acontecido no passado, que indica que muitos negócios foram feitos ali no passado

• E essa região está exatamente sobre a linha de uma Sato’s Defense, que indica que o preço médio a partir de um topo ou um fundo, ponderado pelo volume, está próximo (a Sato’s Defense nos dá o preço médio das compras e das vendas... não confunda com média móvel, um indicador já ultrapassado)

• Essa mesma região de preço está na faixa dos 80%-90% de um PPIV recente

• E também está próxima de um ponto de controle indicado pelo Sato’s Force Histograma

• E, há alguns pregões, na mesma região, há uma barra vermelha do Sato’s Bar, indicando que houve intensa e concentrada atividade institucional naquele valor

• O Sato’s Market Profile mostra que há uma concentração de negócios naquela faixa de preço em vários pregões passados, ao mesmo tempo em que temos a ali a linha da WAP do dia...

Ok, exagerei aqui... o que acabei de descrever é uma “tempestade perfeita”. Dificilmente encontraremos áreas de trade location com todos esses indícios simultaneamente.

Mas podemos dizer, sem medo de errar, que com apenas três desses (existem muitos mais) já é possível definir muitas áreas de trade location boas.

Uma vez encontrada essas áreas de trade location, basta analisar o fluxo através do Sato’s Force Histograma (o volume está caindo ou subindo quando se aproxima das áreas de trade location?), medir a relação entre esforço e resultado através do Sato’s Result (o deslocamento de preço corresponde ao volume?) e a partir desse contexto definir: vou comprar ou vender? E, feita a escolha, como diz o Sato, “sentar o dedo no mouse” sem medo de estar fazendo uma negociação aleatória.


COMO FUGIR DE PARCEIROS INDESEJADOS NA HORA DE OPERAR?

A melhor forma de se meter em encrencas na bolsa de valores é por ordem de amadorismo:

• Seguir a euforia ou o pânico: geralmente, os grandes players institucionais aproveitam a euforia para distribuir ativos a preços cada vez mais caros; e o pânico para comprar ativos bons a preços cada vez mai baratos

• Seguir notícias: notícias chegam ao público e aos investidores de varejo já “frias”. Quem você acha que é mais bem informado: o estagiário que aperta o botão “publicar” no site de notícias ou o CEO do JP Morgan ou o CEO do Credit Suisse. Esses caras, quando você está indo com o milho, eles já estão voltando com a fábrica inteirinha de processados da galinha que comeu a ração

• E AQUI MUITA ATENÇÃO: a terceira forma de se dar mal no mercado é tomar decisões com métodos que privilegiam a leitura do preço

Isso mesmo.

Para o Raio X Preditivo, o preço é mero efeito do volume de negócios. O volume de negócios é a causa e a melhor forma de encontrar áreas de trade location.

O volume é:

• A causa de o preço não cair mais, formando grandes resistências e suportes (muitas vezes escondidos... isso mesmo, os verdadeiros suportes e resistências não estão nos topos e fundos)

• A causa de um preço disparar (na queda ou na alta) depois de romper uma lateralização

• A causa da continuidade de uma queda ou de uma alta (sem volume os preços não sustentam tendências sozinhos)

• A causa da maior parte dos “desenhos” da análise técnica ultrapassada: você já se perguntou por que se formam ombro-cabeça-ombro, triângulos, flâmulas, bandeiras e tantos outros e por que, às vezes, esses “desenhos” não têm o comportamento esperado? A resposta está no volume.

Portanto, se você quer achar as verdadeiras áreas de trade location, para de olhar no preço e comece a olhar para o volume de negócios.

A partir desse momento, você vai parar de se aliar à manada e passar a se aliar aos big players.

É a velha história... se você não pode com eles, junte-se a eles e o volume é o segredo para conseguir essa aliança.

O volume de negócios é a escada de que você precisa para subir nos ombros dos gigantes.


COMO IDENTIFICAR SE EXISTEM PLAYERS DEFENDENDO SEUS PREÇOS EM ÁREAS DE TRADE LOCATION?

O Raio X Preditivo é especializado em encontrar em áreas de trade location. E, se de fato se trata de áreas de trade location, pode crer, nelas os big players vão defender suas posições.

Por exemplo, numa lateralização, um trader que usa apenas o preço para tomar suas decisões, a ver o rompimento, concluirá que o preço irá para aquela direção. E abrirá uma posição comprada, se o rompimento foi para cima, e vendida, se foi para baixo.

Um trader que usa o Raio X Preditivo, por sua vez, irá se perguntar se não se trata de uma armadilha de fundo ou teste de oferta (se a lateralização foi precedida por uma queda) ou uma armadilha de topo (se a lateralização foi precedida por uma tendência de alta). Vai ler o volume da barra de rompimento e as seguintes para verificar o volume... um alto volume pode significar tanto o “start” de um spike (forte movimento do preço em qualquer direção) como uma barra de absorção, em que o big player está defendendo sua posição.

O mais provável é que, numa área de trade location, o big player (ou os big players) defenda sua posição, então, não poucas vezes o trader com essa leitura entra numa operação contra a tendência, coisa que é vista como loucura pelos praticantes da análise técnica já ultrapassada.

O fato é que as áreas de trade location podem ser consideradas regiões de “tensão”. Imagine uma represa prestes a explodir. Para onde explodir, irá com força, não importa o lado.

Isso significa o quê?

Significa que o trader poderá colocar um stop curto frente ao que se espera em termos de ganhos. Digamos que ele perca R$ 100, mas a expectativa de ganho é R$ 1000 em uma única operação. E, se levar o stop, tem amplas condições de “virar a mão”. Se o preço não foi para o alto, como esperado, é MUITO provável que o preço vá forte para baixo.

Considere assim, as defesas de posição das áreas de trade location por parte dos big players, como as muralhas de um castelo: ou eles espantam os inimigos com força ou, em caso de rompimento, terão que debandar com grande intensidade.

As áreas de trade location, por isso, são sempre pontos de partida de grandes e fortes movimentos.