Sato’s Defense: o indicador que coloca você no comando

O indicador Sato’s Defense mostra o preço médio dos maiores investidores e traders do mercado: não é espionagem; é gerenciamento inteligente de risco e o caminho para trades lucrativos

O Sato’s Defense é um dos principais indicadores do Raio X Preditivo, a metodologia Sato. O Raio X Preditivo é uma metodologia que sistematiza a Nova Análise Técnica em conceitos e ferramentas (indicadores Sato’s). A Nova Análise Técnica se caracteriza pela ênfase no estudo do volume, em detrimento da importância que se dava anteriormente ao preço, e, consequentemente, pelo estudo da atuação dos investidores institucionais.

O Sato’s Defense é um indicador que visa determinar com alguma precisão a posição e o comportamento dos investidores profissionais (big players) a partir do preço médio dos ativos a partir da média ponderada pelo volume. Ou seja: não se trata de um indicador de “preço médio ao longo do tempo”. E sim, de fato, um indicado de preço médio propriamente dito, pois estamos considerando na conta a quantidade de ativos que foi comprada (e vendida) a cada preço.

Dessa forma, o Sato’s Defense pode ser considerado efetivamente um indicador que aponta prováveis resistências e suportes dinâmicos, visto que, uma vez que o preço médio de um grande investidor ou trader - ou um conjunto deles – é atingido, é muito provável que essa região seja defendida. Seja com compras, para evitar que o preço caia abaixo desse preço médio, seja com vendas para evitar que o supere.

Veja o que você vai aprender neste artigo.

O Sato’s Defense é uma poderosa ferramenta do Raio X Preditivo, a metodologia Sato, e usado em conjunto com as demais ferramentas, que atuariam como vieses de validação de localização de áreas de trade, bem como os conceitos da Nova Análise Técnica, pode aumentar em muito as chances de um trade obter sucesso na bolsa de valores.


QUAL A FUNÇÃO DO SATO’S DEFENSE

Resumindo bem a história, o indicador Sato’s Defense nos dá suportes e resistências dinâmicos para o preço.

Mas como ele faz isso?

A partir de certo ponto do gráfico, determinado pelo trader, ele faz a média móvel do preço ponderada pelo volume.

Isso quer dizer que: não se trata de uma “média móvel” clássica, como vemos na velha análise técnica.

É o preço médio, de fato, a partir do ponto escolhido.

Se temos o preço médio de todos os negócios de um momento anterior até o momento atual temos uma “linha” dinâmica que nos mostra a região em que quem está comprado ou vendido naquele preço começa a ficar “tenso”... afinal, se meu preço médio de um ativo é aquele e o preço começa a se aproximar desse preço médio, abaixo dele eu começo a entrar no prejuízo.

Se eu sou um grande player, isto é, tenho condições financeiras para isso, não só vou fazer compras para segurar o preço ali, mas também porque o ativo naquele preço é vantajoso para mim e, qualquer alta a partir dali, é lucro garantido.

Por outro lado, se o preço cair abaixo dele, pode haver um movimento forte para baixo: mais vendas entrando por si só; comprados se desfazendo de posições com mais... vendas... E, com mais vendas, o movimento de queda se acentua e assim por diante.

Média ponderada pelo volume

Mas o que é a média ponderada por volume?

Vamos a um exemplo da escola primária:

• No dia 1 eu comprei uma maçã por R$ 3

• No dia 2 eu comprei 10 maçãs por R$ 2

• No dia 3 eu comprei 5 maçãs por R$ 1

Qual o preço a partir do qual eu terei lucro quando eu vender essas maçãs?

O que uma média móvel comum faz é pegar todos os preços de cada período, somar e dividir pelo número de períodos. Já vamos ver por que isso não funciona. Mas primeiro vejamos essa conta:

• Preço do dia 1 + Preço do dia 2 + Preço do dia 3 dividido por 3

• (3+2+1)/3

• Média obtida para o terceiro dia é igual a 2

Mas será que é a partir de R$ 2 que eu obtenho lucro?

Não, claro que não!!!

Esse valor só é obtido com a média ponderada, que é:

• [(preço do dia 1 vezes volume do dia 1)+(preço do dia 2 vezes volume do dia 2)+(preço do dia 3 vezes volume do dia 3], tudo isso dividido pelo volume total desde o dia 1

• Logo: [(3x1)+(2x10)+(1x5)]/(1+10+5)

• Meu preço médio é R$ 1,75

Logo, se eu vendesse por R$ 2, já estaria com um belo lucro de R$ 0,25 por maçã.

Por outro lado, se o preço já está em R$ 1 eu estou no prejuízo já e valeria a pena comprar mais maçãs, não só para baixar meu preço médio como também para fazer o preço subir pelo aumento da demanda. Quando o preço atingisse um valor acima do meu preço médio eu já poderia começar a vender com lucro.


ENTENDA COMO IDENTIFICAR O PREÇO MÉDIO DOS GRANDES PLAYERS UTILIZANDO O SATO’S DEFENSE

Bom, maçãs estragam e estão bem longe de serem negociadas no mesmo valor e volume que ativos da bolsa de valores.

O fato é que o Sato’s Defense faz todos esses cálculos automaticamente e plota uma linha com o preço médio diretamente sobre o gráfico. Tanto a partir de um fundo quanto a partir de um topo: podemos saber o preço médio dos vendedores (a partir de um topo) e dos compradores (a partir de um fundo).

Se o preço médio estiver abaixo do preço médio dos vendedores, estes estarão em uma posição confortável.

Se o preço médio estiver acima do preço médio dos compradores, estes estarão em uma posição confortável.

Quando o preço médio se aproximar de qualquer uma dessas linhas no sentido “indesejado”, eles começam a ficar desconfortáveis e os movimentos mais interessantes do preço, aqueles que interessam aos traders começam a aparecer.

Ao ver o preço médio dos big players, é como se estivéssemos vendo nos terminais dos operadores desses participantes fortes, como se estivéssemos “dentro da cabeça” deles.

Você pode estar pensando... mas nem todos os ativos comprados e vendidos o são por big players... tem muito trader e investidor de varejo nesse bolo.

Não se engane: por mais numerosos que sejam os traders de varejo, estima-se que 80% (talvez muito mais) do volume negociado na bolsa seja feito por big players (investidores institucionais). Sem falar que, nossa interpretação sempre se dará pelo “conjunto da obra”, pelo comportamento conjunto desses big players.

Aprenda como se posicionar da melhor forma

Nenhum indicador do Raio X Preditivo funciona isoladamente. É preciso combinar a leitura de diversos indicadores e a interpretação correta através da lente dos conceitos da Metodologia Sato para nos posicionarmos nas operações.

Porém, se tivéssemos apenas o Sato’s Defense, poderíamos nos posicionar da seguinte maneira. Tudo o que vou dizer a partir de agora é hipotético, ok?

Imagine que traçamos uma Sato’s Defense a partir de um fundo. A linha azul que aparecerá mostra o preço médio dos negócios a partir daquele ponto.

Se o preço está acima dessa linha, isso mostra que as posições compradas estão ganhando, estão no lucro.

O preço começa a cair e a se aproximar da linha azul do Sato’s Defense. Quanto mais próximo o preço ficar, mais provável que essa região seja defendida por mais compras.

Minha postura, caso eu queira tomar risco, é comprar ativos na proporção que o meu gerenciamento de risco permite com um stop pouco abaixo da linha do Sato’s Defense, talvez com o parâmetro de uma barra vermelha (de volume ultra-elevado) do Sato’s Bar (outro indicador Sato’s). Se o preço cair abaixo disso eu saio com um pequeno prejuízo da operação, mas saio. Porém, o viés e a possibilidade mais provável é que o preço seja defendido e, a partir da linha azul do Sato’s Defense, volte a subir.


COMO OPERAR UTILIZANDO A SATO’S DEFENSE

O exemplo acima nos mostra uma possibilidade de operação com o uso do Sato’s Defense.

E ele pode ser muito eficiente.

Porém, se realmente quisermos operar com eficiência, convém combinar o Sato’s Defense com as outras ferramentas do Raio X Preditivo.

Todas as ferramentas são voltadas para apontar regiões de prováveis trades vencedores.

Se dois ou mais indicadores apontam para uma mesma região, as probabilidades aumentam.

Não só isso, aumenta a possibilidade até, em um trade que deu errado, de que possamos “virar a mão” com mais segurança. Quer dizer, o lado do mercado que está do lado contrário da queda de braço que imaginamos está com mais força e tudo indica que ele irá ganhar: se estávamos comprados poderemos encerrar essa operação e entrar vendidos com grande chance de acertar recuperar o prejuízo e até lucrar.

Então, não esqueça, você pode até usar o Sato’s Defense isoladamente, mas seria um desperdício entrar em operações confirmadas por apenas um indicador quando temos a possibilidade de entrar em operações confirmadas por mais de um.

Além disso, o Sato’s Defense pode ser usado como critério para saída de operações, seja como stop loss, stop gain ou realizações parciais a fim de garantir lucros.


APRENDA USAR O DEFENSE PARA MOSTRAR REGIÕES DE SUPORTE E RESISTÊNCIAS

A Análise Técnica Clássica, não poucas vezes, confunde os traders e investidores. Ela se baseia apenas no preço. Exemplos:

• Médias móveis, não poucas vezes são equivocadas, pois desconsideram o volume

• Rompimentos de topos anteriores muitas vezes são falsos, caracterizados ora por baixo volume e ora porque um alto volume é apenas o que chamamos de “euforia máxima). Ver o artigo sobre o indicador Sato’s Bar

As verdadeiras resistências e os verdadeiros suportes muitas vezes estão escondidos no gráfico, seja por regiões de range, candles de alto volume (barras vermelhas do Sato’s Bar), pontos de controle (POCs do Sato’s Market Profile).

Essas regiões não são óbvias. O trabalho do Raio X Preditivo é torná-las óbvias.

E essa é uma das especialidades do Sato’s Defense.

As linhas traçadas pelo Sato’s Defense são verdadeiros suportes e resistências dinâmicos e certamente muito mais poderosos que um topo ou um fundo anterior: o preço médio é MUITO importante para os participantes que estão comprados em um volume gigantesco de ativos.


SAIBA COMO PLOTAR O SATOS DEFENSE NO GRÁFICO 

Plotar o Sato’s Defense no gráfico é muito fácil.

Uma vez que a boleta Sato Trader está instalada no Meta Trader 5 ou em outra plataforma gráfica, basta acioná-la (através da boleta). 

No Meta Trader 5, podemos ter dois Sato’s Defense High (a partir de topos, linha vermelha) plotados, dando o preço médio dos vendidos, e mais dois Sato’s Defense Low (a partir de fundos, linha azul) dando o preço médio dos comprados.

Uma vez que o Sato’s Defense está acionado, quatro quadrados (dois azuis e dois vermelhos) aparecerão no canto inferior direito do gráfico. Clique no azul (SD Low) e escolha um fundo: a partir desse fundo será plotado o preço médio ponderado de todas os negócios realizados a contar dali.

Para o preço de venda a partir de um topo é a mesma coisa. Escolha um topo, clique no quadrado vermelho, a seguir clique no topo escolhido. Uma linha vermelha com o preço médio ponderado pelo volume de todos os negócios a partir daquele topo será plotada.

Simples assim: a partir daí você tem duas linhas mostrando em que pé está quem vendeu a partir de um determinado topo e de quem comprou a partir de determinado fundo.